Facebook       Twitter

Na Zona Leste de São Paulo mais de 300 famílias recebem chaves de conjunto habitacional

0

Foi entregue nesta terça-feira (29) mais 300 unidades do Conjunto Habitacional Phobus B, em São Mateus, na Zona Leste, pela Prefeitura de São Paulo, em parceria com os governos federal e estadual. Somando a desapropriação do terreno, realizada pela Cohab-SP, com recursos da Prefeitura no valor de R$ 19,3 milhões, foram investidos cerca de R$ 76,9 milhões.

Disse o prefeito Ricardo Nunes: “Vamos entregar 49 mil unidades habitacionais até o final do nosso mandato. Hoje são 300 famílias que recebem as chaves de um lugar digno para morar, num ambiente saudável e gostoso de se viver. O nosso papel é trabalhar pelos mais vulneráveis e é isso que estamos fazendo” destacando o trabalho da Prefeitura para a redução de falta de moradias na cidade. 

Já o secretário nacional de Habitação, Alfredo Eduardo dos Santos disse: “O governo federal vai ajudar o prefeito a atingir a meta de construção de unidades habitacionais e produzir casas para quem não tem. As chaves são uma conquista que traz felicidades. São Paulo é destaque no Brasil, pois os dois estados que têm as metas de entregar mais imóveis prometeram 20 mil unidades, enquanto só a cidade de São Paulo, prevê 49 mil habitações. É extraordinário”, frisando a importância do governo federal na parceria com a Prefeitura. 

Segundo o secretário municipal da Habitação, João Farias: “Em novembro do ano passado pedi para acelerar as entregas dos apartamentos que estavam prontos e o Phobus B era um dos conjuntos nessa situação. Com apoio da Caixa Econômica Federal em agilizar a análise, mais de 80% das famílias recebem hoje as chaves de seus imóveis”. Dentre as famílias contempladas 100 estavam recebendo o auxílio aluguel, sendo que destas 55 estavam a 12 anos nesta situação.

Falou o prefeito Ricardo Nunes às famílias contempladas. “Aqui vocês poderão falar que ‘isso é meu’ e viver com mais sossego, pois estão vencendo uma etapa em suas vidas” e alertou: “Essas moradias custaram cerca de 130 mil cada e é triste ver a venda dela. Não façam isso, cuidem com carinho, porque pode ficar para seus filhos, seus netos”.

Mais de 3.800 unidades habitacionais foram entregues à população paulistana desde janeiro de 2021 até o momento. Cerca de 6 mil novas moradias estão em obras. Está prevista a viabilização de 49 mil moradias de interesse social pelo Programa de Metas da Prefeitura de São Paulo (2021– 2024) por meio da Secretaria Municipal da Habitação, entre unidades entregues e contratadas . Mais 27 mil famílias devem ser beneficiadas com melhorias pelas obras de Urbanização em Assentamentos Precários, também está prevista a Regularização Fundiária para 220 mil famílias.

Foram destinados mais de R$2,3 bilhões com investimento em habitação na capital, somente para 2022, valor recorde comparado a gestões anteriores. Em 2021 foram investidos mais de R$ 1.3 bilhão; já em 2020 o orçamento foi de R$ 1.091 bilhão. Este será o terceiro ano seguido que o orçamento fica acima de R$1 bilhão, ficando clara a prioridade que a atual gestão dá para Habitação na cidade de São Paulo.

Fonte: SECOM – Prefeitura da Cidade de São Paulo

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com