Facebook       Twitter

Mais de 200 famílias de baixa renda de Aparecida de Goiânia (GO) recebem as chaves da casa própria

0

Nesta semana, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) também entregou outras 583 unidades habitacionais em três estados brasileiros

Aparecida de GO
O residencial, que integra o Programa Casa Verde e Amarela, recebeu R$ 18,8 milhões de investimento, dos quais R$ 16,6 por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e R$ 2,1 milhões de contrapartida estadual (Fotos: Adalberto Marques/MDR)

Brasília (DF) – O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta sexta-feira (17), 208 moradias a famílias de baixa renda da cidade de Aparecida de Goiânia, em Goiás. O ministro Rogério Marinho participou da cerimônia de repasse das chaves do Residencial Agenor Modesto, que vai beneficiar cerca de 800 pessoas.

O empreendimento, que integra o Programa Casa Verde e Amarela, recebeu R$ 18,8 milhões de investimento, dos quais R$ 16,6 por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), e R$ 2,1 milhões de contrapartida estadual.

Durante a cerimônia de entrega das chaves aos beneficiários, o ministro Rogério Marinho fez questão de valorizar as ações do Programa Casa Verde e Amarela, que levam moradia digna às pessoas mais vulneráveis.

O Residencial Agenor Modesto conta com 208 apartamentos distribuídos em 13 blocos, com térreo e três pavimentos, com quatro unidades por andar. O espaço conta com infraestrutura completa de água, esgoto, energia elétrica, pavimentação, iluminação pública e drenagem.

Eliza Souza recebeu as chaves após quatro anos de espera e vai se mudar para o Residencial Agenor Modesto com os dois filhos. Ela não escondeu a emoção por, enfim, ter a casa própria.

Mais entregas

Somente nessa semana, o MDR também entregou outras 583 unidades habitacionais. Em São Paulo, na última quarta-feira (15), Marinho repassou as últimas 300 unidades do Conjunto Habitacional Guido Caloi. No total, o empreendimento conta com 1 mil apartamentos e recebeu investimento de R$ 124,6 milhões, dos quais R$ 96 milhões foram por meio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). As outras 700 unidades haviam sido entregues em 2020.

Já em Andradina, no Mato Grosso do Sul, 128 famílias de baixa renda realizaram o sonho da casa própria. Elas receberam as chaves do Residencial Nova Andradina, que teve investimento federal de R$ 9,3 milhões, sendo desembolsado R$ 9,1 milhões desde 2019 – o que corresponde a 98% da operação.

Ainda nesta sexta-feira, Marinho esteve em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, onde entregou o Residencial Santa Luzia. Foram entregues 155 apartamentos e o investimento federal no empreendimento foi de R$ 11,5 milhões.

Casa Verde e Amarela

Empenhado em reduzir o déficit habitacional, o Governo Federal retomou obras, ampliou o programa nacional de Habitação – o Casa Verde e Amarela – e rompeu, em outubro deste ano, a barreira de 1,2 milhão de unidades entregues à população desde 2019. Apenas este ano, foram mais de 345,6 mil moradias, que realizaram o sonho da casa própria para mais de 1 milhão de pessoas.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Regional

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com