Facebook       Twitter

Mais de 1.500 unidades habitacionais têm construção iniciada pela Prefeitura de São Paulo na Zona Leste da cidade

0

Iniciativa integra o Pode Entrar com um investimento de R$ 306 milhões, sendo o maior programa habitacional já lançado no município

Na manhã da sexta-feira (26), o prefeito Ricardo Nunes assinou, a ordem de início das obras para construção das primeiras 1.568 unidades habitacionais do Programa Pode Entrar Empresas, em terrenos da Companhia Metropolitana de Habitação (COHAB), na Zona Leste da capital. Por meio da Secretaria Municipal da Habitação (SEHAB) e da COHAB, a ação, com investimento de R$ 306 milhões, é uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo.

Afirmou o prefeito Ricardo Nunes durante o evento: “Hoje nós estamos dando início na construção dessas primeiras 1.568 unidades habitacionais e, em fevereiro de 2024, retorno para fazer a entrega das chaves” e garantiu que as unidades habitacionais serão entregues em fevereiro de 2024 complementando: “Em um ano já entreguei 4.420 unidades habitacionais e vamos entregar 49 mil até 2024”.

“Hoje nós não iniciamos apenas a construção de 1.568 unidades, sendo 600 em São Mateus e 968 em Guaianases, nós resgatamos e ressuscitamos o sonho de 1.568 pessoas que tinham perdido a esperança de que poderiam sonhar com a sua casa própria” disse o secretário municipal da Habitação, João Farias, afirmando que nos próximos meses a cidade de São Paulo terá o maior canteiro de produção de unidades habitacionais da história do Brasil.

Os empreendimentos serão destinados 50% para famílias que recebem auxílio aluguel (SEHAB), priorizando as da região Leste e 50% para demanda aberta (COHAB), de acordo com o Decreto de nº 61.282, de 12 de maio de 2022.

A infraestrutura apresentada nos empreendimentos, além de pavimentação e paisagismo, inclui redes de água, esgoto, iluminação externa, telefonia e interfonia. O local terá ainda vagas de garagem, bicicletário, área de lazer, quadra esportiva, salão de festas e portaria.

Destacou o diretor-presidente da Cohab, Alex Peixe: “São mais de mil funcionários trabalhando nas obras, beneficiando diretamente cerca de cinco mil pessoas”.

Os termos de adesão foram assinados em julho. As unidades fazem parte das 20.182 previstas no Programa Pode entrar, sendo 5.275 na modalidade empresas e 14.907 entidades. 

Fonte: SECOM – Prefeitura da Cidade de São Paulo

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com