Facebook       Twitter

Mais de 1.000 títulos de propriedade são entregues a famílias em Osasco/SP

0

Foi entregue na noite de ontem, quarta-feira (9), 1.000 títulos para moradores dos apartamentos do Copromo, no Jardim Aliança, zona Norte e também títulos de propriedade para 80 famílias que vivem na área AF, na Vila Pestana, na zona Sul, todos em Osasco/SP. O prefeito de Osasco, Rogério Lins conduziu a entrega que contou com a presença do secretário municipal de Habitação, Pedro Sotero e do secretário executivo da Secretaria Estadual de Habitação, Fernando Marangoni.

Após negociação entre a Prefeitura de Osasco e a CDHU, foi concedida a gratuidade no processo de regularização fundiária para todos os moradores do conjunto. Cada família teria que pagar R$ 13 mil pela documentação. O valor total da isenção é de cerca de R$ 3 milhões. De acordo com a administração, no Copromo, 700 moradores teriam o processo de regularização gratuito, porém outros 300 teriam que pagar, se não fosse essa negociação, uma vez que no processo de constituição do residencial, fizeram a construção dos apartamentos com recursos próprios, por meio de mutirão.

“Aqui tínhamos um problema histórico, onde o governo do estado de São Paulo resolve fazendo entrega o título de propriedade, mas também, garantindo a gratuidade da documentação para essas 300 famílias que teriam que tirar o valor do próprio bolso. Estamos tirando um fantasma da cabeça de cada um de vocês”, destacou o secretário executivo da Secretaria Estadual de Habitação, Fernando Marangoni.

Já na área AF, Vila Pestana, a ocupação da área aconteceu no início em 1970 e a urbanização ocorreu em meados dos anos 1990, ou seja, esperavam há 40 anos pela regularização da área, as entregas aconteceram por meio da parceria entre a Secretaria Estadual de Habitação e a Prefeitura de Osasco – via programa Cidade Legal.

O prefeito Rogério Lins disse: “Essa é uma grande conquista das famílias da nossa cidade que sonham com a casa própria e regularizada. Também quero agradecer a sensibilidade da CDHU em garantir a gratuidade para todos os moradores do Copromo. Além disso, importante frisar que os documentos ficam no nome das mulheres” e agradeceu a parceria com a secretaria estadual de Habitação que garantiu a gratuidade para todas as famílias de Osasco.

Fonte: Giro S/A

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com