Facebook       Twitter

Governo Federal entrega 300 moradias a famílias de baixa renda da cidade de São Paulo

0

Ministro Rogério Marinho também acompanhou o andamento das obras de urbanização do Jardim Rochdale, em Osasco

Guido Caloi

Brasília (DF) – O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta quarta-feira (15), 300 moradias a famílias de baixa renda da cidade de São Paulo. O ministro Rogério Marinho participou da cerimônia de repasse das chaves das últimas unidades do Conjunto Habitacional Guido Caloi, localizado no bairro Jardim São Luís.

O residencial, que integra o Programa Casa Verde e Amarela, conta com 1 mil apartamentos. As demais 700 unidades foram entregues em 2020. O empreendimento recebeu investimento de R$ 124,6 milhões, dos quais R$ 96 milhões foram por meio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), com contrapartida de R$ 18,7 milhões do governo estadual e de R$ 9,9 milhões da prefeitura municipal.

O Conjunto Habitacional abriga pessoas removidas durante a execução das obras de canalização do córrego Ponte Baixa, na zona sul da capital. Ele é composto por quatro módulos, sendo três com 300 unidades e um com 100.

Cada condomínio é independente, com guarita, entradas de água, energia e gás e equipamentos de lazer próprios, como quadra, churrasqueira, playground e salão comunitário. Outro diferencial é que os prédios contam com elevadores antivandalismo. Os apartamentos medem 48,32 m², com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

Visita à obra

Em Osasco, o ministro Rogério Marinho acompanhou o andamento das obras de urbanização do Jardim Rochdale. Além da construção de 2 mil unidades habitacionais, já concluídas e entregues, as ações no município preveem obras de infraestrutura, como rede de coleta de esgoto sanitário, pavimentação, rede de drenagem de águas pluviais, contenção e estabilização do solo e ligações domiciliares de energia elétrica.

O investimento total nesse empreendimento é de R$ 114,1 milhões, dos quais R$ 88,7 milhões são provenientes do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 25,3 milhões, de contrapartida do governo municipal. Ao todo, mais de 9,3 mil famílias serão beneficiadas com as intervenções.

O contrato de urbanização contempla ainda a construção de um Centro Cultural, com obras físicas concluídas e à espera de instalação de móveis e equipamentos a cargo do município, além da recuperação de área degradada e regularização fundiária e trabalho social.

Condomínio Cedro Rosa

Em São Bernardo do Campo, o ministro entregou 12 unidades habitacionais do Condomínio Cedro Rosa, que fica no assentamento Capelinha. O empreendimento faz parte de ações de urbanização do local, que preveem, no total, a construção de 194 moradias – 122 já foram entregues. As últimas 60 estão em construção.

As obras de urbanização, que também envolvem ações no assentamento Cocaia, onde 52 moradias já foram entregues, contempla obras de infraestrutura (pavimentação, drenagem, redes de abastecimento de água e esgotamento sanitário, iluminação, proteção, contenção e estabilização de solos), 157 melhorias habitacionais, recuperação de área degradada, construção de dois centros comerciais com 17 boxes, regularização fundiária e trabalho social em benefício de 914 famílias.

O investimento federal no empreendimento é de R$ 32,3 milhões e contrapartida municipal, de R$ 26,2 milhões.

Fonte: Governo Federal – MDR

 

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com