Facebook       Twitter

Governo de Goiás prorroga prazo para parceria habitacional com entidades sociais

0

Período de inscrição que terminaria nesta segunda-feira foi estendido até 26 de outubro próximo. Propostas devem ser protocoladas na Agehab e se destinarem à construção, obras de melhoria e ampliação de equipamentos comunitários ou de reformas em moradias. Serão disponibilizados pelo Estado R$ 8,4 milhões para execução dos projetos

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), prorrogou até 26 de outubro próximo o prazo para recebimento de propostas das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) interessadas em atuar em parceria com os programas habitacionais do Estado. O prazo aberto em junho terminaria nesta segunda-feira (21/09), mas foi estendido em mais de um mês em função das restrições impostas pelo distanciamento social e medidas sanitárias para o enfrentamento da Covid-19. Muitas entidades relataram dificuldades na obtenção de certidões, declarações e outros documentos jurídicos e técnicos.

WhatsApp Image 2020-09-21 at 13.24.12

Presidente da Agehab, Lucas Fernandes destaca que a determinação do governador Ronaldo Caiado é para ampliar as parcerias com a sociedade civil organizada, de forma transparente e dando igualdade de oportunidade a todas as entidades. “Estamos prorrogando o prazo para dar mais uma chance a quem está com dificuldades na obtenção dos documentos e certidões necessárias”, assinala.

Uma das condições para participar do Edital de Chamamento nº 002/2020 é a entidade estar previamente credenciada na Agehab. Essa inscrição pode ser feita a qualquer tempo, diretamente no site da agência: www.agehab.go.gov.br.

Por meio deste Edital Público, o Governo de Goiás selecionará as OSCs que apresentarem as melhores propostas. O objetivo é celebrar parcerias (Acordos de Cooperação ou Termos de Fomento ou Termos de Colaboração) para a utilização do crédito outorgado de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), conforme previsto na Lei Estadual nº 14.542/2003.

As propostas devem ser para construção, reforma ou ampliação de equipamentos comunitários ou reforma de unidades habitacionais, nos municípios com maior déficit qualitativo.

Serão destinados recursos da ordem de R$ 8,4 milhões pelo Estado para a execução dos projetos, visando reforma/melhoria de pelo menos 1.200 unidades habitacionais e implantação ou reforma de 40 equipamentos comunitários. O valor para construção de equipamento comunitário é de até R$ 191 mil e de R$ 60 mil para reforma.

O recebimento das propostas é feito pela equipe da Gerência de Projetos e Análise Técnica da Agência exclusivamente pelo e-mail: projetos@agehab.go.gov.br. A equipe está à disposição para orientação e esclarecimento de dúvidas também pelos telefones (62) 98127-0809, com Fabiana Perini/ (62) 981031716, com Marcel Soares.

Fonte: Agência Goiana de Habitação

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com