Facebook       Twitter

Convênios garantem R$ 4,2 milhões para obras de infraestrutura do programa de habitação do Governo de Mato Grosso

0


Governador Mauro Mendes quer expandir o projeto para mais municípios mato-grossenses totalizando 20 mil casas – Foto: Assessoria

O aporte do recurso foi feito na quinta-feira (05.11) e deve estar disponível a partir desta segunda-feira (08.11) na conta das prefeituras. O Governo do Estado garantiu mais de R$ 4,2 milhões para obras de infraestrutura que vão atender ao programa de habitação nos municípios de Alta Floresta e Sapezal (789 e 529 km de Cuiabá, respectivamente).

Em Sapezal o montante é de R$ 1,4 milhão e será destinado à pavimentação asfáltica e drenagem pluvial das vias urbanas do loteamento Residencial Jardim Primavera, região onde o empreendimento habitacional será construído. Já em Alta Floresta serão investidos R$ 2,7 milhões para a pavimentação urbana no entorno da área onde está prevista a construção de 213 casas, por meio do programa de habitação do Governo de Mato Grosso, realizado pela MT PAR.

“Esse montante garante a infraestrutura necessária para darmos início ao projeto habitacional nestes dois municípios. O investimento que o Estado está fazendo vai baratear o custo da obra para o comprador final e mais famílias poderão ter acesso ao Programa Casa Verde e Amarela”, explicou o presidente da MT PAR, Wener Santos, esse tipo de parceria torna o sonho da casa própria possível.

“Essa é uma parceria de sucesso. Nós da prefeitura entramos com o terreno e o Governo deu sua contrapartida, facilitando o acesso ao imóvel, seja na redução do custo ou na dispensa do valor da entrada”, disse o prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande, comemorando a conquista do recurso para o investimento.

Explicou Mendes: “Tendo o terreno e a infraestrutura, o valor da prestação que é financiada pela Caixa cai consideravelmente para o cidadão. Esse programa veio ao encontro das necessidades dos municípios”. Até o fim da gestão, a intenção do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, madrinha do programa, é expandir o projeto para mais municípios mato-grossenses, totalizando 20 mil casas.


A parceria entre as prefeituras, Caixa Econômica Federal e Governo do Estado resulta neste programa habitacional.

Fonte: AgoraMT

 

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com