Facebook       Twitter

Concurso nacional escolherá melhores projetos para Habitação de Interesse Sustentável

0

A parceria da Secretaria Nacional de Habitação/MDR com a Agência Alemã de Cooperação Internacional – Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit GmbH (GIZ)  tem como novo resultado o lançamento do Concurso Nacional de Ideias em Arquitetura para Eficiência Energética em Habitação de Interesse Social, adaptáveis às diferentes Zonas Bioclimáticas do Brasil denominado “Habitação de Interesse Sustentável”, com colaboração da Associação Brasileira de COHABs e Agentes Públicos da Habitação (ABC) e a coordenação do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).

O concurso é voltado para a seleção de ideias de arquitetura para projetos e produção de habitação de interesse social com foco na eficiência energética para garantir o melhor desempenho e conforto ambiental a população de baixa renda. O objetivo é melhorar a qualidade dos projetos das casas que serão produzidas pelos governos federais e estaduais.

INSCRIÇÕES E COMISSÃO JULGADORA

O IAB estipulou as regras, o site oficial, edital e selecionou a comissão julgadora. As inscrições do concurso estão abertas e vão até o dia 26/04/2021. Acesse o site e cadastre o projeto.

Após o encerramento das inscrições, os proejtos serão entregues de maneira anônima, para evitar que haja parcialidade na análise, aos membros da Comissão Julgadora.

comissao julgadora

Serão premiados os 6 finalistas e entre eles 3 vencedores vão assinar um contrato com a GIZ, e posteriormente os 3 projetos serão implantados nos terrenos doados pelas Companhias de Habitação (Cohabs) selecionadas.

COHABS

Paralelo ao concurso haverá o chamamento de seleção das Cohabs para que possam disponibilizar os terrenos onde serão implantados os projetos vencedores do concurso. O exercício proposto pelo concurso é que sejam projetos adaptáveis a diferentes terrenos e climas.

 “Queremos melhorar a condição geral dos empreendimentos de habitação então a gente precisa de projetos que possam ser rapidamente adaptáveis e reconfiguráveis para depois se adequarem a diferentes terrenos, grandes, pequenos, mais urbanos, mais de periferia, estreito, largo, em declive, planos, em regiões frias ou quentes, então o projeto tem que ter essa flexibilidade”, destacou o arquiteto e o coordenador do Concurso pela GIZ, Daniel Wagner.

CRONOGRAMA

Até o dia 26/04 serão realizadas as inscrições dos projeto. Em seguida a análise das propostas pela Comissão Julgadora no período de 17/05 a 19/05. A divulgação dos resultados ocorrerá no dia 24/05. Após a confirmação dos projetos vencedores serão selecionados os 3 terrenos pelo chamamento da ABC aos associados. Serão alocados cada projeto em cada um dos terrenos disponibilizados pelas Cohabs.

cronograma

Haverá uma segunda etapa em que os vencedores vão assinar um contrato com a GIZ para o detalhamento dos projetos de modo a possibilitar a implantação nos terrenos disponibilizados pelas Cohabs filiadas à ABC. A ABC junto com a GIZ e a SNH estão concluindo o edital que será lançado para a seleção dos terrenos mais adequados para receber os projetos de acordo com as zonas bioclimáticas.

“Um novo olhar para habitação de interesse social no Brasil em que não se considera somente o custo inicial da obra, mas sim todos os custos que as famílias terão ao longo de toda a vida útil do imóvel, sob os aspectos de conforto térmico, economia de energia, acesso aos equipamentos urbanos e sociais. Apoiamos esse projeto, nos seus aspectos de esclarecer e sensibilizar os gestores públicos para a importância de ter esse olhar de habitação popular mais sustentável”, afirmou a presidente da ABC e da Agehab/MS, Maria do Carmo Avesani Lopez.

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com