Facebook       Twitter

ABC elege nova diretoria e define prioridades de atuação para o biênio 2021/2023

0

Em Assembleia Geral Extraordinária, realizada on-line nesta quarta-feira (23), a Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação (ABC) reuniu os associados para eleger a nova composição da diretoria para o biênio 2021-2023.

This slideshow requires JavaScript.

A presidente da ABC, Maria do Carmo Avesani Lopez, foi reconduzida ao cargo. Nestes últimos anos a associação passou por diversas mudanças e conseguiu, com o apoio da diretoria, fortalecer a credibilidade da entidade, além de expandir suas ações. Em 2020 foi realizada a primeira edição on-line do Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social que bateu o recorde de participações.

“Agradeço a parceria de todos. Foi um ano que nos vimos muito pouco mas fizemos várias reuniões virtuais. O importante é que a gente se manteve unido e sempre com o objetivo de avançar pela luta por mais moradias”, destacou a presidente da ABC e da Agehab/MS.

A ABC se propõe a ser um órgão nacional que contribui para que os agentes públicos de habitação aperfeiçoem seus trabalhos e produzam habitação de melhor qualidade. Incentiva também o uso de novas tecnologias visando à sustentabilidade das moradias e dos empreendimentos.

O presidente do Fórum de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Flavio Amary, prestigiou o evento da ABC e parabenizando a todos. Ressaltou também que é fundamental um alinhamento total e apoiou à reeleição da presidente da ABC.

Diretoria ABC Biênio 20212023

Presidente MARIA DO CARMO AVESANI LOPEZ – AGEHAB/MS
Vice-Presidente Administrativo e Financeiro LUIZ CÂNDIDO DE OLIVEIRA – PRESIDENTE COHAB LONDRINA
Vice-Presidente de Programas Habitacionais e Arranjos Institucionais EMÍLIA CORREIA LIMA – CEHAP/PB
Vice-Presidente de Desenvolvimento Social LUCAS FERNANDES DE ANDRADE – PRESIDENTE AGEHAB GO
Vice-Presidente de Desenvolvimento Tecnológico MAURÍCIO QUEIROZ PRADO – COHAB-SANTISTA
Vice-Presidente de Desenvolvimento Institucional e Parcerias SILVIO VASCONCELOS  – PRESIDENTE CDHU/SP
Vice-Presidente para Assuntos do Sistema Financeiro da Habitação BRUNO MORAES LISBOA – PRESIDENTE CEHAB PE
Vice-Presidente para Assuntos de Regularização Fundiária JORGE LUIZ LANGE – COHAPAR/PR
Diretor da Região Sudeste ALEXSANDRO PEIXE CAMPOS – COHAB/SP
Diretor Adjunto da Região Sudeste JOÃO ABUKATER NETO– SECRETÁRIO DE HABITAÇÃO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO
Diretor da Região Norte ANASTASE VAPTITIS VAPOORTZIS – PRESIDENTE CODESAIMA/RR
Diretor Adjunto da Região Norte ORLANDO REIS PANTOJA – PRESIDENTE COHAB PARÁ
Diretora da Região Nordeste GILVANA NOBRE RODRIGUES GAYOSO FREITAS – ADH-PI
Diretor Adjunto da Região Nordeste PABLO THIAGO LINS O. CRUZ – PRESIDENTE CEHAB RN
Diretor da Região Centro Oeste MARIA HELENA BUGUI – PRESIDENTE AMHASF Campo Grande
Diretor Adjunto da Região Centro Oeste LEONARDO PIERRE FIRME – DIRETOR DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA CODHAB-DF
Diretor da Região Sul LUIS ANTONIO WERLANG – DIRETOR DE PROGRAMAS E PROJETOS COHAPAR/PR
Diretora Adjunto da Região Sul SILVIA APARECIDA PALANDI DE SOUZA  – SUPERINTENDENTE DO INSTITUTO FOZ HABITA

 

Conselho Fiscal da ABC para o biênio 2021/2023

Presidente NÉDIO HENRIQUE ROSSELLI FILHO  – Diretor Financeiro CDHU/SP
1º Conselheiro MAURO KUGLER – DIRETOR TÉCNICO DA COHAB/CT
2º Conselheiro ANTONIO OTAVIO MIGUEL – DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO DA CEHAB RN
Conselheiro Suplente ANTONIO DE JESUS LEITÃO NUNES – PRESIDENTE DA COMPANHIA MARANHÃO PARCERIAS/MA

 

Agenda de prioridades da nova Diretoria da ABC

Durante o evento foram definidas prioridades como a participação da ABC junto ao Governo Federal e ao Congresso Nacional para mostrar a importância de investimentos em habitação de interesse social para atendimento da população de baixa renda como política pública. A recomposição do orçamento do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para que sejam concluídas as obras em andamento. Confira abaixo todos os pleitos definidos como prioridade durante a reunião.

  1. Continuar insistindo junto à classe política na importância de investimento em habitação para atendimento a baixa renda, como forma de atender a demanda social, gerar emprego e renda;
  1. Recomposição do orçamento do MDR para conclusão das obras em andamento e que correm o risco de serem paralisadas se não forem alocados mais recursos no orçamento de 2021;
  1. Insistir para a retomada do programa de urbanização de favelas;
  1. Colocar em prática o mais rapidamente possível o Programa de Reurb e Melhorias habitacionais, com a Cohabs como Agentes Financeiros do FDS;
  1. Envidar todos os esforços para a conclusão das obras do PMCMV Oferta Pública;
  1. Envidar esforços para viabilizar o Programa Habitação de Interesse Sustentável, com recursos orçamentários para realização das obras em terrenos ofertados pelas entidades filiadas da ABC – mesmo que por meio de Emendas Parlamentares
  1. Realização do Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social – On-line em 2021;
  1. Realização do concurso Nacional de Projetos Selo de Mérito;
  1. Intensificar a Estratégia de fortalecimento da ABC e dos seus associados.
  2. Atualizar e ajustar o Estatuto da ABC.
  3. Buscar alternativa para flexibilizar a análise de crédito para atender a população de baixa renda.
Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com