Facebook       Twitter

Tecpar vai desenvolver projeto de Casa Sustentável em 2018

0

Tecpar obtém sucesso na interligação de produção de energia solar à rede do instituto. Foto: Divulgação/Tecpar

Tecpar obtém sucesso na interligação de produção de energia solar à rede do instituto. Foto: Divulgação/Tecpar

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), como executivo do programa Smart Energy Paraná, construirá um protótipo de casa sustentável para testar tecnologias verdes em uma moradia de até 60 metros quadrados e que possa ser enquadrada nas condições do Minha Casa, Minha Vida. O projeto da Casa Sustentável é uma das principais ações do programa para o ano de 2018.

A previsão é que até março do ano que vem duas unidades-piloto estejam prontas, uma em Jacarezinho, no Parque Tecnológico do Norte Pioneiro, do Tecpar, e em uma cidade da Região Metropolitana de Curitiba – o local ainda não foi definido.

Pelo projeto, a casa terá uma metragem que varia de 46 m² a 60 m² e deve conter sala, cozinha, dois quartos e um banheiro. O diferencial do projeto, para torná-la uma moradia sustentável, é que a energia será gerada pela própria residência, com painéis solares ligados à rede elétrica.

O sistema será dimensionado para uma demanda de 200 kWh por mês, uma média de uma casa de até quatro pessoas. Como o sistema de geração elétrica estará ligado à rede, caso o consumo seja menor, o usuário terá um bônus que poderá ser abatido em meses de maior consumo – caso seja maior, o usuário só pagaria a diferença entre o que gerou e o que consumiu a mais.

Além da própria geração, a Casa Sustentável será dimensionada para otimizar ventos (de forma que fique mais fresca no verão e mais quente no inverno), terá um sistema de coleta de água da chuva para utilização no banheiro e no tanque de lavar roupa, além de um pequeno sistema de compostagem.

REFERÊNCIA – O diretor-presidente do Tecpar, Júlio C. Felix, ressalta que o programa, cuja secretaria executiva é de responsabilidade do instituto, tem como objetivo democratizar o acesso a energias renováveis em todo o Estado. “Queremos desenvolver um projeto exequível, em que possamos usar o máximo de tecnologias limpas na casa, com o menor custo possível, a fim de disseminar esses conceitos sustentáveis em moradias que possam ser enquadradas no programa Minha Casa, Minha Vida. Dessa forma, tornamos o Paraná cada dia mais sustentável”, destaca.

O secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, diz que o programa vem consolidando a competência do Paraná em geração distribuída por fontes de energias renováveis conectadas a redes inteligentes. “São iniciativas do gênero que contribuem para o futuro do Estado. Precisamos investir na geração de energia limpa e renovável. Esse tipo de projeto é o futuro do desenvolvimento”, salienta.

PARCERIA – O projeto executivo da Casa Sustentável espera contar com a parceria, além do Tecpar e da Seti, da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR). A parceria de execução será composta pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), por prefeituras paranaenses e por empresas do setor.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com