Facebook       Twitter

Os desafios do Minha Casa Minha Vida” em debate durante evento da CBIC em Aracaju

0

Foto: Jadilson Simões/ CBIC

Foto: Jadilson Simões/ CBIC

O Programa Minha Casa, Minha Vida também foi destaque do Fórum Obras Públicas, Parcerias e Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), realizado nesta segunda-feira (16/10), em Aracaju (SE), no Radisson Hotel. Realizado pela Ademi-SE, Aseopp e Sinduscon-SE, o evento, promovido pela CBIC e pelo Senai Nacional, reuniu construtores de Sergipe e de outros Estados. O painel que tratou do assunto contou com as participações dos presidentes da CBIC, José Carlos Martins, da Ademi-SE, Mário Nunes de Oliveira, e do Sinduscon-BA, Carlos Henrique Passos, além do superintendente nacional do PMCMV, Henrique Marra de Souza, e da secretária nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Maria Henriqueta Arantes.

A secretário Nacional de Habitação apresentou um panorama atualizado do MCMV. Entre as ações implementadas pelo Ministério das Cidades, destacou a abertura da Faixa 1,5 do PMCMV, que, de acordo com ela, foi bem-aceito no mercado este ano. “Vamos aumentar essa meta da Faixa 1,5 em 2017. Aliás, há um orçamento previsto para a habitação no valor de R$ 63 bilhões para 2018”, disse. Henriqueta Arantes ressaltou ainda a relação com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), fonte de recursos para Programa e que tem sido utilizado para outros fins, podendo, no futuro, comprometer o desenvolvimento e a execução de empreendimentos para moradia social. Segundo ela, o MCidades fez uma revisão do Plano Nacional de Habitação com foco em 2040, que prevê um déficit ainda elevado no Brasil.

(Com informações da Ademi-SE)

Fonte: CBIC

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com