Facebook       Twitter

Nova Iguaçu (RJ) recebe R$ 43,7 milhões em recursos do Governo Federal para retomar obras paralisadas do MCMV

0

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

Em visita ao município de Nova Iguaçu, no Estado do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (04), o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, assinou a autorização para retomada de obras de 2.592 unidades habitacionais do Residencial Parque Guandu. O empreendimento, pertencente à Faixa 1 do Programa Minha Casa, Minha Vida, estava com as obras paralisadas desde o início de 2017. O investimento para o reinício das obras será de R$ 43,7 milhões, oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). Com investimento total de R$ 238,2 milhões, o residencial vai beneficiar 10. 368 pessoas com renda familiar mensal de até R$ 1,8 mil.

“Quero agradecer a paciência e a compreensão de todos, e que de fato esse seja um grande aprendizado para todos nós, para que a gente possa saber se unir e enxergar os nossos erros, mas que a gente possa, rapidamente, fazer com que eles sejam concretizados e essa agonia que as famílias viveram possa ser uma página do passado”, afirmou o ministro das Cidades.

Alexandre Baldy falou da sua vontade em retornar o mais breve possível ao munícipio para entregar as chaves aos moradores. “Que a gente possa voltar aqui em poucos dias entregando as chaves para cada uma dessas famílias, as que já habitavam que possam estar adequadamente habitando, e as que não moravam possam receber a tão sonhada chave da casa própria”, disse. Atualmente 1.200 beneficiários moram no residencial e esperam a formalização do empreendimento para permanecerem adequadamente na sua casa.

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

O ministro disse ainda que a pasta disponibilizará recursos para a conclusão da creche e da escola. “Autorizaremos para prefeitura a conclusão da escola e da creche, pois a gente sabe que é muito importante que a gente faça a conclusão. Faremos com a prefeitura Rogério, sobre a sua responsabilidade. Vou deixar aqui o pleito e pode oficializar que nós autorizaremos sim”, garantiu Baldy.

O prefeito Rogério Lisboa, definiu o evento como resultado de muito trabalho. “Esse é um patrimônio do Estado e da Baixada Fluminense, por isso agradeço a atenção disposta pelo ministro e pelo Ministério das Cidades. Esse momento que a gente retoma as obras que tanto é necessário é fruto de uma luta muito grande”, afirmou Lisboa.

Também esteve presente na cerimônia a Secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Socorro Gadelha.

Fonte: Ministério das Cidades

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com