Facebook       Twitter

No AC, mais 200 casas devem ser entregues na Cidade do Povo

0

Data de entrega dos imóveis ainda vai ser definida, segundo Sehab. Governo diz que mais de 3,1 mil casas já foram entregues no conjunto habitacional

Mais de 200 famílias vão receber casas na Cidade do Povo, em Rio Branco. Foto: Pedro Nascimento/Secom Acre

Mais de 200 famílias vão receber casas na Cidade do Povo, em Rio Branco. Foto: Pedro Nascimento/Secom Acre

Secretaria de Habitação e Interesse Social do Acre (Sehab) anunciou a entrega de 217 novas casas no conjunto habitacional Cidade do Povo, no Segundo Distrito de Rio Branco. As famílias que vão morar no local foram sorteadas no último dia 12 deste mês. A Sehab informou que a data de entrega dos imóveis ainda vai ser definida.

Todas as famílias, de acordo com a Sehab, foram selecionadas previamente e o sorteio foi realizado para informar a quadra, rua e a casa que a pessoa vai morar. Todas as famílias são de áreas de risco e moravam nos bairros Taquari, Baixada da Habitasa, Triângulo Novo, Seis de Agosto e Cadeia Velha.

O governo diz que mais de 3,1 mil casas já foram entregues no conjunto habitacional. Com essa nova etapa, o número sobe para mais de 3,3 mil imóveis entregues. Em fevereiro de 2017, a Sehab disse que a previsão era construir mais 600 casas na Cidade do Povo até o meio deste ano.

O projeto ‘Cidade do Povo’ é considerado pelo governo do Acre o maior programa habitacional já realizado no estado. São mais de 10 mil unidades habitacionais em uma área de mais de 700 hectares localizada no quilômetro 5 da BR-364, sentido Porto Velho. As casas têm em média 40 metros quadrados e possuem dois quartos, sala e cozinha.

Banco de dados

Em dezembro de 2016, ao governo sancionou uma lei que criou o Sistema Integrado de Habitação do Estado do Acre (Sihab). O objetivo do Sihab é criar um banco de dados digital que vai permitir a atualização, manutenção e controle de informações de beneficiários de programas habitacionais inscritos no Cadastro Habitacional Estadual.

Já em janeiro deste ano, o decreto nº 5.789 definiu os critérios prioritários para os candidatos a serem beneficiados pelo programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. As preferências foram aprovadas pelo Conselho Estadual de Habitação e publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE). Famílias com menores e idosos devem ter prioridade em programas habitacionais no Acre.

Entre os critérios, segundo a publicação, está a prioridade para famílias que possuem filhos em idade inferior a 18 anos, desde que haja comprovação documental. Famílias com idosos também devem ter preferência, desde que comprovem a idade do familiar com documento oficial. Quem vive em Aluguel Social também passa a ter prioridade.

Fonte: G1

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com