Facebook       Twitter

Movimentos sociais protestam em Brasília contra mudanças no Minha Casa, Minha Vida

0

Manifestantes de várias partes do país ocuparam a entrada do Ministério das Cidades para assegurar reunião com ministro. Governo nega corte de verbas para o programa

Movimentos sociais ligados ao direito à moradia ocuparam a frente do Ministério das Cidades, em Brasília, nesta terça-feira (21), em um protesto contra uma possível redução do programa Minha Casa, Minha Vida. De acordo com a organização, 500 pessoas estão no local desde às 6h. A Polícia Militar do DF estima 350 participantes.

Os manifestantes afirmaram que o ministro das Cidades, Bruno Araújo, havia agendado uma reunião com os representantes dos movimentos sociais nesta terça, mas ele está em São Paulo. “Essa já é a quarta reunião adiada. Vamos ficar aqui para ter certeza que ele vai nos receber”, informou o representante da Associação Viva Quitaúna, de São Paulo, Ítalo Antônio Lourenço.

Dez dos líderes das organizações foram recebidos pelo chefe de gabinete do ministro. A assessoria do ministério confirmou que, “de qualquer forma”, o ministro receberá os manifestantes nesta quarta (22) e afirmou que não há previsão de corte ou redução dos investimentos no Minha Casa, Minha Vida.

“Pelo contrário, em março serão liberados recursos para 35 mil novas contratações do projeto”, informou a pasta.

Os manifestantes disseram que irão dormir em frente ao Ministério da Cidades.

Fonte: G1

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com