Facebook       Twitter

Ministros das Cidades e da Integração Nacional sobrevoam Grande BH

0

Ribeirão das Neves foi uma das cidades mais atingidas pelos temporais dos últimos dias. Uma mulher morreu afogada dentro de casa no bairro Pedra Branca

Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy (PODE-GO), o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho (PMDB-PA), e o governador Fernando Pimentel (PT) sobrevoaram nesta segunda-feira (4) Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, uma das mais afetadas pelos temporais dos últimos dias no estado. A cidade decretou situação de emergência na última quinta-feira (30) quando foi atingida por granizo.

Neste domingo (3), uma mulher de 80 anos com mal de Alzheimermorreu afogada dentro da própria casa, no bairro Pedra Branca. Uma galeria fluvial que passa pelo quintal da residência transbordou. Segundo a Polícia Militar (PM), a mulher teria gritado por socorro e os vizinhos tentaram socorrê-la, mas eles não conseguiram resgatá-la.

Após o sobrevoo, os ministros e o governador visitaram a Escola Municipal Angelita Guimarães e a Unidade de Pronto Atendimento Josnico Cirilo de Abreu (UPA) afetadas pelos temporais.

“A situação é grave. Não só aqui na região Metropolitana. Estamos com uma situação gravíssima no leste do estado, em Rio Casca, em outras cidades do estado. Estamos trabalhando. Com muita serenidade, com muito trabalho, nós vamos vencer estas dificuldades”, disse Pimentel em seu perfil no Facebook.

Vários imóveis foram destelhados durante a chuva em Ribeirão das Neves (Foto: Reprodução/TV Globo)

Vários imóveis foram destelhados durante a chuva em Ribeirão das Neves (Foto: Reprodução/TV Globo)

Além de Ribeirão das NevesCaeté e Pedro Leopoldo, também na Região Metropolitana, decretaram situação de emergência. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério das Cidades, a pasta “vai definir as ações que poderão ajudar na recuperação dessas cidades”.

O Ministério da Integração está aguardando a conclusão das informações para que haja um reconhecimento nacional da situação de emergência. A partir daí, recursos devem ser viabilizados para ajudar na reconstrução.

Fonte: G1

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com