Facebook       Twitter

Governo entrega as primeiras unidades do Cartão Reforma

0

Representaram a ABC durante a cerimônia a superintendente de projetos da COHAPAR, Joceli Loyola, a consultora técnica da ABC e arquiteta da CDHU, Cecília Parlato, e o vice-presidente  de Desenvolvimento Urbano da ABC e presidente da Agehab/GO, Luiz Stival. Foto: Arquivo ABC

Representaram a ABC durante a cerimônia de entrega do Cartão Reforma. ( da esquerda para a direita) A superintendente de projetos da COHAPAR, Joceli Loyola, a consultora técnica da ABC e arquiteta da CDHU, Cecília Parlato, e o vice-presidente de Desenvolvimento Urbano da ABC e presidente da Agehab/GO, Luiz Stival. Foto: Arquivo ABC

Nesta segunda-feira (13) a Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação (ABC) participou da cerimônia de entrega das primeiras unidades do Cartão Reforma. O programa tem orçamento inicial de R$ 97.450 milhões, e a previsão do governo é atender 170 mil famílias em 2018.

O Cartão Reforma beneficiará famílias com renda mensal de até R$ 2.811 com o valor de R$ 2 mil a R$ 9 mil para a realização de obras de reforma, ampliação ou conclusão. Os valores das parcelas da subvenção econômica serão divididos de acordo com as melhorias a serem realizadas em cada moradia. A liberação do pagamento da parcela da subvenção econômica será feito de forma fracionada.

A superintendente de projetos da COHAPAR, Joceli Loyola, a consultora técnica da ABC e arquiteta da CDHU, Cecília Parlato, e o coordenador do programa Cartão Reforma do Ministério das Cidades, Álvaro Lourenço. Foto: Arquivo ABC

A superintendente de projetos da COHAPAR, Joceli Loyola, a consultora técnica da ABC e arquiteta da CDHU, Cecília Parlato, e o coordenador do programa Cartão Reforma do Ministério das Cidades, Álvaro Lourenço. Foto: Arquivo ABC

O cartão é nominal, intransferível e válido por até um ano, sendo necessário utilizá-lo no período de vigência. A execução da obra é de responsabilidade da família beneficiada, que receberá apoio de arquitetos e engenheiros que verificarão a necessidade específica de cada residência.

Segundo o Ministro das Cidades, Bruno Araújo, o Cartão Reforma e a lei de regularização fundiária, junto com o programa Minha Casa, Minha Vida, consolidam o “tripé” da política habitacional do atual governo.

 “Milhões de brasileiros que têm suas residências precárias passam a ter a oportunidade de melhorar a sua qualidade de vida”, afirmou o Ministro.

As primeiras 150 famílias beneficiadas no projeto piloto são da cidade de Caruaru, em Pernambuco. Os demais municípios que quiserem se habilitar no programa terão até o dia 19 de novembro para fazerem o registro no Sistema de Gestão do Cartão Reforma.

O governo também autorizou a entrega do Cartão Reforma a famílias de estados em situação de calamidade pública por causa de enchentes (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Alagoas e Pernambuco).

Participaram da cerimônia de entrega o Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira; o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira; o presidente da República, Michel Temer; o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o Ministro das Cidades, Bruno Araújo. Foto: Marcos Corrêa/PR

Participaram da cerimônia de entrega o Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira; o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira; o presidente da República, Michel Temer; o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o Ministro das Cidades, Bruno Araújo. Foto: Marcos Corrêa/PR

Todo o processo de cadastro dos municípios e dos beneficiários será realizado por meio do Sistema de Gestão do Cartão Reforma – SisReforma. “Será seguramente um dos grandes cases na área do governo virtual. Pelo nível de sofisticação, eliminando o papel no processo de seleção, controle, e acompanhamento de fiscalização, de maneira transparente e eficiente. Percalços podem haver, mas nos faz entrar numa nova era de governança”, comemorou Bruno Araújo.

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com