Facebook       Twitter

Governo do RN lança programa de habitação para servidores da segurança pública

0

Programa foi lançado nesta segunda (23) com a promessa de construir 572 imóveis para policiais civis, militares, bombeiros militares e servidores do Itep

Vista aérea mostra terreno, na Zona Norte de Natal, onde o programa de habitação deve ser executado. Foto: Governo do RN/Divulgação

Vista aérea mostra terreno, na Zona Norte de Natal, onde o programa de habitação deve ser executado. Foto: Governo do RN/Divulgação

Os servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte poderão comprar a casa própria com condições e preços diferenciados. É o que promete o programa ‘Moradia Cidadã Segurança’, lançado pelo governo do estado na manhã desta segunda feira (23). Ao todo, devem ser construídos 572 imóveis para este público.

O investimento no programa é de R$ 100 milhões (recursos federais e estaduais). Contudo, ainda não há data para a abertura do processo de licitação.

“O programa é pioneiro no país e é uma forma de reconhecer e agradecer aos servidores da segurança pelo excelente serviço prestado ao Rio Grande do Norte. É uma oportunidade de policiais civis, militares e servidores do Corpo de Bombeiros e ITEP realizarem o sonho da casa própria, com condições especiais e subsídio de mais de 20% do governo”, explicou o governador Robinson Faria.

Localização

Imagem ilustrativa mostra como devem ficar os apartamentos a serem construídos. Foto: Governo do RN/Divulgação

Imagem ilustrativa mostra como devem ficar os apartamentos a serem construídos. Foto: Governo do RN/Divulgação

Os empreendimentos serão construídos no terreno onde hoje estão instalados o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Cavalaria e Canil da PM, que pertence ao governo do estado. A área fica na Avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte de Natal.

Ao todo, de acordo com o projeto, serão 396 unidades habitacionais de 67 m² e 176 apartamentos de 95 m², em um condomínio fechado, com vagas de garagem e áreas de lazer.

Critérios

Para participar do programa, os servidores precisam estar em serviço ativo, possuir renda familiar bruta de até R$ 9 mil, não possuir imóvel e residir em área de risco ou possuir imóvel próprio localizado também em área de risco.

“Com essa ação, o governo mostra que está preocupado em oferecer melhores condições aos servidores da segurança, com moradias dignas e exclusivas para eles. Agradecemos o esforço e dedicação do governador e equipe”, ressaltou a secretária de Segurança Pública do RN, delegada Sheila Freitas.

Fonte: G1

 

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com