Facebook       Twitter

Energia solar em casa popular

0

Pela primeira vez, empreendimentos do programa Minha Casa Minha Vida no Rio Grande do Sul, construídos pela MRV Engenharia, passam a oferecer energia solar através de painéis nos telhados das torres. É o Porto Trinidad, lançado no início do ano, em Novo Hamburgo, e o Porto Berlim, primeiro condomínio da construtora em São Leopoldo. Além deles, está prevista a instalação do sistema em dois outros lançamentos deste ano: Porto Canoas, em Canoas, e Porto Rio Grande, em Porto Alegre. A ideia da MRV é equipar todos os novos empreendimentos com o sistema de conversão de energia solar em elétrica até 2021. Para isso, a construtora vai investir cerca de R$ 600 milhões nos próximos cinco anos em energia fotovoltaica.

Menos condomínio

A energia solar vai cobrir 100% do consumo em áreas comuns, reduzindo em até 97% sua parte na taxa de condomínio, na qual representa entre 10% a 17% do total. O restante é custo de mão de obra, segundo o presidente da MRV, Rubens Menin. O excedente gerado durante o dia será trocado por crédito na rede elétrica.

[…]

Fonte: Coluna Afonso Ritter/ Jornal do Comércio

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com