Facebook       Twitter

Em Nova Iguaçu (RJ), Ministério das Cidades realiza o sonho da casa própria para mais de 1.000 pessoas

0

Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, entregou, neste domingo (21), em Nova Iguaçu (RJ), 253 unidades habitacionais do Residencial Nice. As residências fazem parte do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), integrante do Programa Agora, é Avançar. No total, serão beneficiadas 1012 pessoas na região.

Com o custo de aproximadamente R$ 18 milhões, o Residencial Nice é composto de 253 casas, sendo oito unidades adaptadas para pessoas com deficiência. Os novos moradores poderão usufruir de área de lazer com parque infantil e quadra de esportes.

O empreendimento conta com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) – Faixa 1, para atender famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00, selecionadas pelo ente público.

Atendendo às exigências de qualidade do MCMV, o residencial dispõe de infraestrutura completa, pavimentação, rede de água, esgotamento sanitário, drenagem e energia elétrica.

“Para nós, é sempre um momento muito especial a entrega de unidades habitacionais a famílias que há muito almejavam por isso”, afirmou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

O ministro chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, que participou da cerimônia de inauguração, afirmou que as habitações são mais que um investimento para as famílias, mas sim um lar: “É a possibilidade da mãe, do pai, reunir sua família, alimentar seus filhos, educar seus filhos e garantir que eles possam viver uma situação melhor”.

O Prefeito Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, agradeceu ao Ministério das Cidades por mais essa entrega na região. “A nossa região tem muito a agradecer todo esforço que foi empenhado para que mais este benefício chegasse à população”, declarou.

A mais nova moradora do Residencial Nice, Elzenir e seu esposo Luciano comemoraram essa conquista. “Depois de muitos anos morando de aluguel, mal podemos acreditar que hoje temos a nossa própria casa. Só temos de agradecer a Deus e a todos os envolvidos”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Ministério das Cidades

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com