Facebook       Twitter

“É isso que nós precisamos ter com os brasileiros: a responsabilidade com os recursos públicos”, afirma ministro

0

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, afirmou na manhã desta terça-feira (26), durante a entrega de 1.248 moradias do programa Minha Casa, Minha Vida em Cachoeiro de Itapemirim (ES), que é dever do Governo Federal ter responsabilidade com os recursos públicos aplicados em seus programas.

“Esse empreendimento era para ter sido inaugurado em 2014, e as famílias já poderiam estar morando em suas casas. Então é isso que nós precisamos ter com os brasileiros, a responsabilidade com os recursos públicos, a responsabilidade com cada imposto que o brasileiro paga para que as obras sejam feitas e bem feitas no prazo que o brasileiro precisa”, declarou o ministro.

Alexandre Baldy disse ainda que quase cem mil moradias estavam paralisadas em todo o país e que desse total 66 mil já foram retomadas. “Obras como essa nós tínhamos milhares paralisadas por falta de compromisso e comprometimento com o imposto do brasileiro e que nós cuidadosamente estamos retomando, pagando em dia as empresas que constroem e concluindo essas obras. Das 95 mil unidades paralisadas nós já retomamos 66 mil em todo o país, para que se somem as outras 350 mil que estão em construção e as outras 700 mil que serão contratadas em 2018”, explicou.

O ministro das Cidades finalizou lembrando que o trabalho exige paciência e cautela e que é preciso levar em conta os desafios fiscais e orçamentários e a transparência com as ações. “O nosso esforço para colocar em dia um programa que é um dos mais importantes do Governo Federal como o Minha Casa, Minha Vida tem que ser compartilhado com todos nós”, frisou Baldy.

Residencial Otílio Roncete

As 1.248 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida entregues pelo ministro das Cidades fazem parte do Residencial Otílio Roncete I, II e III. Com investimento de R$ 72,3 milhões do Governo Federal e R$ 1 milhão de contrapartida do governo estadual, as moradias vão quase cinco mil pessoas com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/Ministério das Cidades

O residencial possui infraestrutura interna e externa composta por água e esgoto, energia elética, pavimentação, urbanização e drenagem, e transporte público. As famílias serão atendidas por creche, escola, posto de saúde e posto de segurança.

Segundo o prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho, a prefeitura esta promovendo a continuidade de serviços públicos prestados com a colocação de mais equipes médicas para o posto de saúde e linha de ônibus para atender a população do bairro. Além de disponibilizar terreno para construção de uma nova escola. “A prefeitura se preocupa muito com esse novo empreendimento e com a necessidade de serviços públicos serem continuados, vamos ter praticamente um novo bairro aqui com mais de mil famílias morando, mais de cinco mil pessoas convivendo”, afirmou Coelho.

Fonte: Ministério das Cidades

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com