Facebook       Twitter

Covid-19: Setor estabelece recomendações sobre ambiente de trabalho

0

CBIC, Força Sindical, Sintracon-SP e Seconci Brasil se unem e definem recomendações para contenção da pandemia nos canteiros de obras

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em conjunto com as Centrais Sindicais, lançou nesta segunda-feira (23) recomendações a serem adotadas pelas empresas do setor da construção para o enfrentamento da pandemia do coronavírus (Covid-19) nos canteiros de obras.

A cartilha ‘A pandemia do coronavírus – Recomendações para o ambiente de trabalho na indústria da construção’ é baseada nas particularidades do setor, bem como nas orientações das autoridades públicas de saúde para contenção do Covid-19.

As medidas visam atenuar os efeitos sociais e econômicos da epidemia na indústria da construção nacional, responsável por 2 milhões de trabalhadores formais e 4,8 milhões de forma indireta, bem como evitar a paralisação de obras, que pode levar a prejuízos irreparáveis tanto para a sociedade quanto para as empresas, pela deterioração irreversível de bens, máquinas e equipamentos, sujeitos a intempéries de toda natureza.

Importante lembrar que sem a atividade da construção, moradias não são entregues, leitos hospitalares não são disponibilizados, reforma e adaptação de estruturas para melhorar o funcionamento de serviços públicos essenciais não ocorrem. Além disso, com a paralisação das atividades de construção deixarão de ser feitas as montagens de estruturas de segurança, unidades de saúde não serão edificadas, ampliadas ou mesmo mantidas. Sem a manutenção de redes, realizada por meio da atividade de construção, pode haver o risco de desabastecimento de água, comprometer o tratamento de esgoto ou mesmo o levar ao colapso dos serviços de telecomunicações.

Confira no link a seguir as recomendações do setor: https://bit.ly/2Uvamdv

Covid-19_Recomendações

Fonte: Agência CBIC

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com