Facebook       Twitter

Convênio de cooperação contribui para diminuir a lista de espera por habitação

0

Uma demanda reprimida da lista de espera por habitação em Dourados caminha para ser atendida. Pelo menos 204 apartamentos serão destinados a pessoas com renda de até R$ 2, 4 mil, impedidas de inclusão na primeira faixa do Minha Casa, Minha Vida e que encontram dificuldades também de alcançar, por conta própria, um financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

Convênio foi assinado nesta terça de manhã pela prefeita Délia Razuk. Foto: A. Frota

Convênio foi assinado nesta terça de manhã pela prefeita Délia Razuk. Foto: A. Frota

Na manhã desta terça-feira, a prefeita Délia Razuk, acompanhada dos secretários de Infraestrutura, Tahan Sales Mustafa, de Planejamento, José Elias Moreira, e do diretor da AgeHab, Sérgio Henrique Pereira, na presença dos vereadores Alberto Alves dos Santos ‘Bebeto’, presidente da Comissão de Habitação da Casa de Leis, Romualdo Ramin, Carlito do Gás e Junior Rodrigues, e do diretor da RG Engenharia, Rene Miguel, assinou o primeiro convênio com a iniciativa privada para que a Agência de Habitação contribua com o encaminhamento de famílias enquadradas nestas condições.

“É uma honra muito grande assinar este convênio que é um primeiro passo entre as muitas ações que buscaremos concretizar para que a lista de espera diminua”, disse a prefeita.

Segundo a AgeHab, este é o início do trabalho conjunto com empresas do ramo na busca da diminuição do déficit habitacional em Dourados, além de fomentar a geração de empregos e incrementar o trabalho visando o crescimento ordenado da cidade.

Com um trabalho intenso, a AgeHab busca contemplar com moradia todas as famílias da lista de espera e já tem em andamento um ‘pente-fino’ no cadastro, com foco nos perfis dos inscritos e as potenciais características para enquadramento nos programas sociais de habitação.

“Foi dentro deste trabalho inicial que identificamos uma gama de pessoas com a dificuldade de ganhar a casa no MCMV I por causa da renda e também sem condições junto à Caixa. Então buscamos os meios para contribuir da melhor maneira. Temos recebido empresas do ramo da construção e firmamos esta primeira parceria”, conta o diretor da Habitação, Sérgio Henrique.

Segundo a AgeHab, são 180 apartamentos em um primeiro momento e mais 24 em uma segunda etapa. O primeiro convênio foi firmado com a empresa RG Empreendimentos, mas a agência já conversa com outros empresários para que mais pessoas alcancem o sonho da moradia. A AgeHab tem chamado as pessoas cadastradas na lista de espera, feito a triagem e já encaminhado, quando possível, para as empresas que prosseguem com os trâmites.

Os imóveis para esta iniciativa são apartamentos de dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, que podem ter subsídio federal de até R$ 22 mil dentro de uma abrangência específica do Minha Casa, Minha Vida II. “É o financiamento convencional, no entanto, com o encaminhamento da agência, que contribui com a empresa e diminui a incidência de entraves junto à Caixa”, explica o diretor da Agehab.

Fonte: Jornal MS Agora

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com