Facebook       Twitter

CNM participa do Fórum para o Serviço Público das Nações Unidas

0

Foto: Divulgação/CNM

Foto: Divulgação/CNM

Entre os dias 21 e 23 de junho foi realizado o Fórum para o Serviço Público das Nações Unidas, na cidade de Marrakesh, Marrocos. O evento reuniu mais de 800 participantes de 100 países para discutir a transformação dos serviços públicos para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) foi convidada para apresentar a experiência da entidade no alcance dos ODS no âmbito da agenda organizada pela Organização Mundial Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU). O objetivo do workshop foi reunir representantes de governos locais e instituições para debater os principais desafios na localização dos ODS e como construir capacidades para uma efetiva governança descentralizada para alcançar a Agenda 2030.

A colaboradora da CNM, Isabella Santos, que representou a entidade no evento, apresentou as ações e esforços que vêm sendo realizados para envolver os gestores públicos municipais na promoção de iniciativas no âmbito dos ODS, reforçando o trabalho em rede que a Confederação realiza em parceria com as entidades estaduais e microrregionais. Na oportunidade também apresentou a Comissão Nacional para os ODS, órgão que a CNM representa os governos municipais.

Boas Práticas
O evento marcou a entrega da edição 2018 do Prêmio das Nações Unidas para o Serviço Público (UNPSA), que premia, desde 2003, as realizações criativas e contribuições de instituições de serviço público que levam a uma administração pública mais eficiente, inovadora e sensível em países em todo o mundo. Iniciativas brasileiras já foram premiadas em edições anteriores.

A importância do reconhecimento de boas práticas para fomentar outras iniciativas é defendida pela CNM, que realiza, durante esta semana, a campanha de divulgação e promoção do Prêmio ODS Brasil. Conheça o Prêmio, que aceita inscrições até esta sexta-feira, 29 de junho.

Reconhecimento
O prefeito da Comuna de Independência, Chile, participou do evento e acompanhou a apresentação. Ele compartilhou que conheceu o projeto e as iniciativas da CNM por meio da Federação Latino-Americana de Cidades, Municípios e Associações de Governos Locais (FLACMA), e que, sem dúvidas, a Confederação e o Brasil, são os que mais avençaram na construção de ferramentas e documentos realacionados a essa temática na região, e que ele não havia conhecido nada igual.
Acesse o site da CNM sobre ODS.

Fonte: Confederação Nacional de Municípios

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com