Facebook       Twitter

“A verdadeira chefe de família do MCMV é a mulher”, diz Bruno Araújo, em Ribeirão Preto

0
Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregou nesta quinta-feira (16), 256 unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida para famílias de Ribeirão Preto (SP) e destacou a importância da mulher no MCMV. As moradias fazem parte do Condomínio Residencial Rio Negro e são destinadas a famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00 (Faixa 1). Aproximadamente 1.024 pessoas foram beneficiadas com as chaves da casa própria.

Na solenidade, o ministro disse que o Minha Casa, Minha Vida é um programa social importantíssimo que permite entregar sonhos, além de possibilitar a geração de empregos. Bruno Araújo destacou que a mulher tem preferência. “As escrituras desse conjunto habitacional estão em nome das mulheres, que cuidam dos imóveis, verdadeiras chefes de família dos empreendimentos do governo federal”, afirmou.

O titular da Pasta afirmou que neste ano, o governo do presidente Temer vai contratar 610 mil unidades em todas as faixas. “Nesse exato momento nós estamos construindo no país, com pagamento firme, sem nenhum único atraso, mais de 550 mil unidades habitacionais. O investimento aqui em Ribeirão Preto é de R$ 70 milhões em saneamento, com o dinheiro do Orçamento Geral da união e com o dinheiro de financiamento”, enfatizou.

“Quando assumimos o governo, encontramos milhares de obras paralisadas, construtoras fechando e demitindo funcionários em função de atrasos nos recursos para as obras. Mas a primeira providência do presidente Temer foi colocar o pagamento em dia. E hoje, o governo federal não deve um centavo sequer às construtoras. A obra desse empreendimento foi totalmente paga com organização e responsabilidade”, resumiu Bruno Araújo.

Parceria – Na oportunidade, o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, agradeceu o acolhimento das equipes dos governos federal, estadual e municipal, parceiros no empreendimento. “Esse conjunto está sendo entregue para 256 famílias que hoje passam a ter acesso à casa própria, a ter os seus sonhos realizados e dignidade. É importante dizer que os contratos serão assinados preferencialmente em nome das mulheres, chefes de família”, ressaltou.

O prefeito lembrou ainda que as famílias vão pagar uma prestação de R$ 80 a R$ 270 reais. “Nós vamos construir outras moradias para que a gente possa ter uma cidade com qualidade de vida, em que as pessoas vão poder morar dignamente com saúde, educação, transporte coletivo, segurança, bem-estar e emprego acessível, mas, sobretudo, uma moradia digna”, enfatizou.

O secretário estadual da Habitação de São Paulo, Rodrigo Garcia, parabenizou as famílias nessa nova etapa de vida. “Hoje vocês estão deixando o aluguel pra trás, deixando a moradia de favor na casa de um parente para serem proprietárias, ou seja, donas de seus apartamentos. Quero dizer, em nome do governador, Geraldo Alckmin, da alegria que temos de somar os esforços com o governo federal no tocante ao trabalho desenvolvido na área da habitação”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Ministério das Cidades

Share.

About Author

Leave A Reply

DEPOIMENTOS


  • perfil-sombra_318-40244
    LUIS ALVES

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Curabitur mi mi, malesuada et urna aliquam, dapibus eleifend ligula. Pellentesque

  • image3
    NICOLE ALMEIDA

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Curabitur mi mi, malesuada et urna aliquam, dapibus eleifend ligula. Pellentesque a venenatis ipsum.

  • persona19
    FLAVIO BARRETO

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Curabitur mi mi, malesuada et urna aliquam, dapibus eleifend ligula. Pellentesque a venenatis ipsum.


Powered by themekiller.com