Facebook       Twitter

“A Caixa é o braço aliado do Ministério das Cidades”, afirma Baldy

0

Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

Foto: Divulgação/ Ministério das Cidades

Em participação no evento Conexão Caixa 2018, realizado na manhã desta quinta-feira (1º/02) em Brasília, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, afirmou que a Caixa Econômica Federal é um importante aliado do Ministério das Cidades (MCidades) no desenvolvimento das políticas públicas do país, principalmente na área de habitação. “A Caixa é o braço aliado do Ministério das Cidades, são vocês que fazem com que as políticas públicas do nosso Governo Federal cheguem aos cidadãos de todo o Brasil”, afirmou Baldy.

O ministro das Cidades reforçou, ainda, o resultado positivo da parceria entre as instituições. “Que os resultados, que já foram ousados em 2017, possam ser ampliados e alcançados, e até mesmo ultrapassados em 2018, porque os brasileiros precisam de todos nós, e a Caixa, junto ao Ministério das Cidades, eu não tenho dúvida, fará todo o esforço para que chegue a cada família brasileira água tratada, esgotamento sanitário e, fundamentalmente, a moradia pelo Minha Casa, Minha Vida”, finalizou o ministro.

O presidente Michel Temer ressaltou que o programa Minha Casa, Minha Vida não parou e que as contratações continuam este ano. Ele afirmou que a atuação entre o MCidades e a Caixa Econômica é fundamental, não apenas para o efeito social, por alcançar os mais carentes, mas também por gerar desenvolvimento social para o país.

“É um programa que não parou. O nosso Baldy revela que só este ano (2018) nós teremos cerca de 600 ou 700 mil novas unidades contratadas, sendo que 50 mil se destinam aos moradores da área rural. E uma vertente social deste ano é prestigiar a construção civil, um dos setores que mais emprega no país”, declarou Temer.

O presidente da Caixa Econômica, Gilberto Occhi, assegurou que o MCidades é o órgão que mais se relaciona e se aproxima da instituição. “É do ministério que nós temos as maiores ações nesse país, passando pelo Minha Casa, Minha Vida, pelas obras de saneamento, tão importantes com percentuais tão desiguais, mas que precisam continuar a ter uma ação advinda das políticas estabelecidas no Ministério das Cidades”, garantiu Occhi.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Ministério das Cidades

Share.

About Author

Leave A Reply

Powered by themekiller.com